As Musas de Safo

O tu-cá-tu-lá entre as musas de Safo. Debate livre e responsavél entre mulheres.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Sei lá...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Cotovia
Convidado



MensagemAssunto: Sei lá...   Qui Set 06, 2007 2:50 am

Aqui vai mais uma história maluca da doida cotovia que noutro lado ainda não pia, mas isto vai-se compor e tudo vai ficar um perfeito amor e de viva cor. E o vermelho é pelo meu Benfica e para não por uma bolinha vermelha no canto superior da história, eh, eh, eh...

Laura, uma jovem empregada doméstica, entrou como habitualmente na casa das suas patroas, uma médica e uma advogada assumidamente lésbicas que mantinham uma relação e viviam juntas em cascais numa grande vivenda. Já trabalhava para elas há dois anos e estava a par de tudo. Sabia que elas eram um casal e respaitava-as. Aliás elas eram muito boas para ela, eram muito amigas e também a respeitavam muito. Apenas lá trabalhava de manhã e de tarde estava na casa de um casal amigo delas. Nessa manhã de segunda-feira, no inicio de mais um dia de trabalho, subiu as escadas que davam acesso ao escritório da advogada que ficava instalado nas águas-furtadas da vivenda com uma vista magnifíca sobre a baia de cascais, para dar os bons dias à advogada e receber as ordens. A meio das escadas começou a notar uns sons estranhos vindos de lá e ela até parou. Eram risadinhas misturadas com gritinhos e gemidos e ela pensou que eram as suas patroas ali na brincadeira e resolveu dar meia volta e descer ao rés-do-chão. De repente lembrou-se que a médica estava num congresso no estrangeiro e só regressava a meio da semana. Voltou a subir as escadas pé ante pé até que chegou à porta que nem estava fechada.

Num sofá preto estofado a advogada estava enbrenhada no entre pernas de uma mulher loira, uma top model que tinha posto um processo a uma empresa de modelos e que tinha recorrido aos serviços daquela advogada, que pelos vistos estava muito entusiasmada com ela. Laura já a conhecia, pois já tinha lá ido umas três ou quatro vezes. A jovem loira estava de olhos fechados gemendo e contorcendo-se de prazer. Laura nem queria acreditar, pois considerava as suas patroas um exemplo de fidelidade e achava-as um par tão bonito e sempre tão romanticas e tão "in love". Ficou revoltada e com vontade de se atirar à advogada, mas refletiu e manteve a calma. Tirou uma foto com o telemóvel e de seguida bateu à porta interrompendo a festa.
- Posso dra. Lidia?... - E entrou sem esperar por uma ordem.
A advogada deu um salto devido à surpresa e ficoiu atónita a olhar para a empregada sem conseguir dizer uma palavra.
- Não me diga que não é o que eu estou a pensar doutora, e aliás não é a mim que tem que justificar nada... Afinal bastou a Dra Leopoldina ausentar-se ao estrangeiro para a trair com esse aprendiz de top model!...
- Raios Laura... A Leo anda muito estressada ultimamente e nem tem feito amor comigo - disse por fim a advogada.
- Mas sabe que ela teve uma fase stressante no hospital, devido à negligencia médica de um colega... Ela é directora do bloco operatório... A doutora devia apoiá-la em vez de a estar a trair com uma loirinha, que não é nada de deitar fora, diga-se de passagem.
- Sim tens toda a razão! E agora? Vais contar tudo à Leo?... Eu amo-a e não a quero perder... Por favor Laura...
- Bom, então está nas minhas mãos agora? E eu que estou secretamente doida por ser saciada por duas mulheres!geek
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sei lá...
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
As Musas de Safo :: FORÚNS TEMÁTICOS :: Ideias-
Ir para: